Prorrogação de Alvará de Pesquisa Mineral - Como e quando solicitar

Se você enfrentou problemas alheios a sua vontade para realizar pesquisa mineral autorizada pela Agência Nacional de Mineração, é possível prorrogar a validade do seu alvará de pesquisa junto ao órgão.



Para isso, basta cumprir algumas exigências:


- Protocolar o requerimento de prorrogação até 60 (sessenta) dias antes de se expirar o prazo de vigência do título;

- Apresentar relatório parcial de pesquisa;

- Apresentar justificativas para a prorrogação do prazo e/ou documentação legal que comprove impedimento de acesso à área de pesquisa.


A prorrogação poderá ser concedida por, no máximo, período igual ao inicialmente outorgado, com base na avaliação do desenvolvimento dos trabalhos e das justificativas.


Vale ressaltar que, para que o pedido de prorrogação seja analisado, é preciso estar em dia com suas obrigações fazendárias. O titular detentor da guia de utilização não pode estar inscrito em dívida ativa por débito referente à CFEM, nem estar devendo a taxa anual por hectare.


Em casos especiais é possível solicitar mais de uma prorrogação do prazo da autorização de pesquisa, exclusivamente nas hipóteses de impedimento de acesso à área de pesquisa, de falta de assentimento ou de licença do órgão ambiental competente. Basta que o titular apresente, além dos documentos acima citados, comprovações de que:


- Atendeu às diligências e às notificações promovidas no curso do processo de avaliação judicial ou determinadas pelo órgão ambiental competente, conforme a hipótese;

- Não contribuiu, por ação ou omissão, para a falta de ingresso na área ou de expedição do assentimento ou da licença ambiental.


Precisa prorrogar o seu alvará de pesquisa mineral ou ainda tem dúvidas se o seu caso cumpre todas as exigências necessárias?


FALE CONOSCO

0 visualização

Insira seu e-mail para receber nossas novidades

  • Facebook
  • insta
  • Twitter

© 2016 - Desenvolvido por ÍGNEA